Quarta, 14 de Abril de 2021 08:53
62 98221-0450
Geral Crônicas

Life on March

A missão espacial pelo mês vermelho

25/03/2021 18h40 Atualizada há 3 semanas
Por: Victoria Mendes
Life on March

Confesso que fiquei um bom tempo tentando decidir sobre o que eu iria escrever nos últimos dias. Bloqueios criativos são normais quando se mexe com coisas que envolvem imaginação, mas dessa vez foi diferente. Parecia mais um bloqueio geral mesmo.

 

Março foi um mês complicado pra mim, e acredito que pra maioria das pessoas também. Cansativo, tenso, isolado - quase como a vida em um planeta distante e hostil. Foi difícil não me sentir como uma astronauta perambulando por um cenário árido e sem cor, mantendo a comunicação com a realidade distante apenas por apetrechos tecnológicos.

 

Eu queria escrever sobre coisas bonitinhas, sobre a chuva das últimas semanas, ou sobre finalmente termos conseguido fazer um bolo de cenoura decente aqui em casa. Mas tudo isso parece superficial, frívolo. Irrelevante quando comparado a solidão e ao cansaço de se estar vivendo num planeta distante.

 

Não queria que isso soasse pessimista, entretanto. Não é meu intuito sair despejando lamentos ao vento e depreciando as pessoas que só queriam ler alguma coisinha que os distraísse da rotina. Só é... diferente. É uma experiência única procurar coisas pra dizer quando nada está acontecendo, além da sua própria existência.

 

Então comecei a pensar na minha realidade, e claro, jogar uma pitada de fantasia, só pra deixar mais lúdico. Decidi enxergar esses 31 dias como uma viagem espacial solitária e contemplativa, à là Matt Damon naquele filme da Tela Quente. Onde o céu é limpo e o clima traiçoeiro, onde a vista é bela e a vida complicada.

 

Março é esse grande planeta vermelho em que os dias passam devagar e a mente funciona na velocidade da luz, onde tentamos ocupar nossas cabeças enquanto lutamos pra sobreviver com os recursos possíveis. Estamos à deriva, esperando ansiosamente para concluírmos nossa missão.

 

Aqui é a comandante Mendes, falando direto do planeta marçiano. Sigo explorando, embora não tão pacientemente, esse mundo distante e diferente. Mal posso esperar para pegar meu foguete e finalmente voltar pra casa. Câmbio desligo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias