Quarta, 14 de Abril de 2021 08:44
62 98221-0450
filmes FORA DE SÉRIE

Os indomáveis preconceitos que temos

#StopAsianHate

23/03/2021 14h00 Atualizada há 2 semanas
Por: Leticia Ribeiro
Os indomáveis preconceitos que temos

 

Na semana passada, massacres em casas de massagem, no estado norte-americano da Geórgia e dados sobre o aumento de denúncias de racismo e xenofobia contra a população asiática trouxeram força à hashtag #StopAsianHate (acabem com o ódio aos asiáticos). Por isso, a série analisada na coluna dessa semana foi escolhida pelo seu potencial de quebrar preconceitos.

Parte do ódio, direcionado aos asiáticos é em razão de os primeiros casos da covid-19 terem surgido na China. Teorias absurdas ganharam destaque e acusam os chineses de terem criado o vírus em laboratório. Eu os acuso de terem criado "Os Indomáveis", uma das melhores séries disponíveis na Netflix.

O seriado tem 50 episódios, de aproximadamente 40 minutos cada, e é baseado em uma novel (romance) com temática LGBTQI+. Nele acompanhamos a história de Lan Zhan e Wei Wuxian que ocorre em um tempo não linear, cheio de flashbacks, sempre transitando entre dois tempos. 

Os Indomáveis, não só rompe com a linearidade do tempo, mas também com expectativas. Você espera que o protagonista da série que você começou a assistir morra nos primeiros segundos do primeiro episódio? Aposto que não! Esse não foi bem um spoiler e como você já deve imaginar, a vida continua, literalmente. Só que de um outro jeito.

Depois de uma morte, o que é esperado? Acertou quem disse "uma jornada de vingança". Wei Wuxian entra nesse caminho e pode ser visto até como um anti-herói. Não dá para chamá-lo de vilão, em muitos momentos é possível declarar que ele foi mal compreendido por muitos, inclusive por aqueles que mais ama. O protagonista é um piadista natural que adora tirar sarro de situações amargas que a vida impõe, personalidade oposta ao seu parceiro Lan Zhan.

Lan Zhan é o típico aluno modelo, aquele que todo mundo quer imitar. O tipo de pessoa que era impossível imaginar que desenvolvesse um forte laço de amizade com Wei Wuxian. Amizade, porque foi isso que a censura chinesa permitiu ir às telas. No roteiro original, do livro, os dois se tornam amantes. Apesar de a relação deles não ser muito clara na série, várias referências, só entendidas por quem conhece a cultura chinesa, levam a entender um romance.

Não posso deixar de lado o resto do elenco, um bônus. Temos personagens fantásticos como o general fantasma Wen Ning, com sua originalidade que o faz totalmente diferente da aparência, e sua irmã, a médica empoderada Wen Qing. Também não dá para esquecer os irmãos adotivos de Wei, Jiang Cheng e Jiang Yanli com responsabilidades muito grandes na jornada de vingança e os discípulos do clã Lan, os quais são importantes para o tempo presente da história e que ao mesmo tempo estão conectados ao passado.

Como a palavra vilão não vai ser muito correta, dou destaque a Xue Yang como opositor dos protagonistas. Ele ganhou a empatia do público por causa do seu relacionamento com Xiao XingChen. Essa convivência traz à tona o lado humano do personagem, porém não justifica muitas de suas ações. Esses e muitos outros fatores fazem de Os Indomáveis um misto de amores e ódios que bloqueia julgamentos e preconceitos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias